Pin It

Emagrecer com sabedoria

As dietas da moda – Veja algumas das dietas que mais fazem sucesso

As dietas da moda – Diariamente o seu corpo necessita de diversos nutrientes para funcionar corretamente. Cada um deles tem uma função metabólica importante e está ligado a um determinado sistema ou função. Até os alimentos mais calóricos, ricos em carboidratos e gorduras são essenciais para o bom funcionamento do corpo.

As dietas milagrosas, que prometem eliminar quilos sem esforço, na verdade só privam o organismo de algum nutriente, o que pode comprometer algumas funções vitais.

Você pode até ter a falsa impressão de que emagreceu, mas na verdade, nem sempre o que vale é o que a balança mostra.

Isso porque a maior parte do nosso corpo é constituída por água e muitas dessas dietas só “esvaziam” nossos reservatórios.

A verdadeira mágica é conhecer o seu corpo e analisar o que provocou o aumento de peso.

Mas também existem aqueles casos nos quais o que perdemos é gordura mesmo. Mas aí, voltamos àquele velho problema:

depois da dieta, é possível  voltar a comer como antigamente? Quem fizer isso vai engordar gradualmente como antigamente, e irá se render a mais uma dieta milagrosa, criando um círculo vicioso chamado de ‘’efeito sanfona’’.

Qual o segredo então? A verdadeira mágica é conhecer o próprio corpo e analisar o que provocou o aumento de peso. Comer de maneira saudável como resultado de uma reeducação alimentar e praticar exercícios físicos.

Veja algumas das dietas que mais fazem sucesso e que na verdade não funcionam de maneira eficaz:

Regime de penningtontaller

Sucesso na década de 50, sua proposta era prender peso não ingerindo açúcar e carboidratos e consumido livremente proteínas e gorduras. E o detalhe é que mesmo não dando certo naquela época, de tempos em tempos reaparece repaginado e com outro nome e, apesar dos anos, continua não funcionando.

Dieta do DR. Atkins

Famosa nos anos 70, foi criada pelo médico Dr. Atkins, que publicou vários livros sobre ela. Mas esta também não trazia novidades, pois sua proposta era o consumo irrestritos de gorduras e proteínas e a restrição a carboidratos.

Na verdade, como tantas outras, essas duas dietas podem ate funcionar, mas representam um risco iminente a saúde, inclusive por ter o consumo de gordura animal, que aumenta o colesterol ruim, liberada.

Dieta de BERVELY HILLY ou dieta das frutas

Muito difundida nos anos 80, tinha como regra uma alimentação a base de frutas, pois afirmava que enzimas presentes em algumas delas, como no abacaxi, aceleravam a queima de gordura.

Mais um erro, pois além de passar a ser enjoativa, com o tempo, priva o corpo de muitos nutrientes essenciais, que não são encontrados em quantidades significativas nas frutas.

Dieta da combinação de alimentos

Criada nos anos 80 por um medico brasileiro, prometia o emagrecimento eficaz e duradouro através da combinação de alimentos, sem levar em conta a quantidade de calorias ingeridas. Resultado? Mais um erro…

Dieta do tipo sanguíneo

Criada pelo Dr. Peter. J. D’ Adamo, sem comprovação científica, dividia os pacientes pelos grupos sanguíneos (A, B, AB e O); cada um com sua dieta específica, nas quais os alimentos eram divididos em benefícios (que previnem e tratam doenças), neutros ( alimentos que não previnem doenças, porem também não prejudicam) e nocivos ( alimentos que podem agravar ou causar danos a saúde).

Dieta da USP

Apesar de verdadeiramente não ter nenhuma associação com a Universidade de são Paulo (USP), ganhou muitos adeptos, passando de mão em mão.

Na verdade, não se sabe ao certo de onde surgiu, mas o fato é que apenas faz uma releitura da dieta do Dr. Atkins, mantendo todos os seus inconvenientes, agravados pelo consumo exagerado de café.

Dieta da lua

Mais uma dieta de autoria desconhecida. É difícil quem nunca ouviu falar desta. Nela, a proposta é ingerir apenas líquidos durante 24 horas.

Pobre em proteínas, vitaminas e outros nutrientes, apenas age de forma diurética, eliminando líquidos e fazendo com que o organismo diminua a massa muscular.

Dieta da sopa

Outra que promete mágica, é enjoativa e não muda os hábitos alimentares . para  segui-la era necessário consumir uma sopa a base de vários legumes e principalmente repolho, por um curto período de tempo, podendo ser repetida após alguns dias. Veja mais detalhe aqui

Os problemas: oferece poucos nutrientes, não é apetitosa e também não proporciona a reeducação alimentar.



Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
x