Emagrecimento: Quais são os erros que atrapalham o emagrecimento

Quais são os erros que atrapalham o emagrecimento. Você já fez vários tipos de dieta maluca, vai na academia e faz exercícios físicos regularmente, tenta manter uma alimentação saudável e balanceada, mas até agora, nada do que você tentou foi suficiente para alcançar um emagrecimento satisfatório?

Pare e pense um pouco melhor nas suas atitudes!

Você, mesmo que sem perceber, pode estar cometendo erros cruciais que prejudicam toda a sua dedicação e seus próprios resultados de emagrecimento. Leia esse artigo e saiba o que você pode fazer para mudar isso.

Qual a primeira coisa que você pensa quando ouve falar em perder peso? Se teve alguma ideia semelhante a fechar a boca, parar de comer ou comer menos, já começamos bem mal! Esse é o primeiro erro muito comum que pessoas que querem emagrecer rápido cometem.

Mas, não é o único(a)! Veja a seguir. Quais são os erros que atrapalham o emagrecimento

Passar horas sem comer

Quando você deixa de fazer uma refeição, ficando um longo período de tempo sem comer, seu corpo entende que precisa economizar a reserva de energia que tem para se manter até a próxima refeição.

Isso significa que seu metabolismo vai ficar mais lento atrapalhando o gasto calórico e, consequentemente, a perda de peso. Além disso, é bem provável que você sinta vontade de comer na próxima refeição.

O recomendado é comer pequenas quantidades de três em três horas para ajudar a acelerar o metabolismo.

Pular o café da manhã

Vai dizer que você nunca ouviu falar que o café da manhã é a refeição mais importante do dia? Pois acredite, pular o café da manhã é um dos erros mais graves de qualquer pessoa, principalmente para quem deseja emagrecer.

Essa refeição é responsável por recuperar o equilíbrio orgânico após uma noite de repouso e preparar o organismo para mais um dia de atividades, deixando-o saciado.

Vale lembrar que é muito importante se programar para ter uma refeição tranquila. Nada de sair pela rua comendo ou se alimentar correndo pela casa enquanto se arruma porque está atrasada.

Um bom café da manhã é meio caminho andado para controlar o apetite e ansiedade ao longo do dia.

Ser radical demais com a dieta

Sabe aquela dieta que fala para você cortar grupos alimentares da sua dieta? Esqueça!
Os carboidratos, por exemplo, são os campeões na lista de eliminação, mas eles são importantes para manter os níveis de energia e disposição e evitar o aumento da compulsão.

É preciso aprender a comer de maneira inteligente, escolhendo os melhores e mais nutritivos alimentos, por isso opte por uma reeducação alimentar. Procure alternativas saudáveis para preparar aquele ingrediente que você tanto gosta, assim você não precisa deixar de comê-lo e ainda garante uma alimentação com mais qualidade.

E, se realmente precisar deixar de consumir algum alimento, faça isso de forma gradual para que o seu organismo e a sua mente se acostumem com a ausência.

Tenha equilíbrio no prato, nada de radicalismo!

Esquecer as fibras

As fibras são responsáveis por regular o intestino e manter a flora intestinal saudável. Além de provocar a sensação de saciedade e ajudar a diminuir a absorção de gorduras e açucares.

Não esqueça: as fibras estão presentes nas frutas, nos vegetais e na maioria dos vegetais.

Não beber a quantidade de água suficiente

Além de promover a hidratação, a água é muito importante para manter o organismo funcionando normalmente, pois aumenta a desempenho do corpo e ajuda no processo digestivo e na eliminação de toxinas. Beba água o dia todo, distribuindo bem o seu consumo ao longo de todo o dia.

Ir dormir com fome

Dormir com fome faz com que você acorde com muita fome e acabe exagerando no café da manhã, para saciar a necessidade da noite anterior. Mas não vale bater aquele pratão de comida, prefira um lanche leve, com pouca caloria.

‘Engordar’ os alimentos

A couve-flor tem, em média, 25 calorias a cada 100 gramas. Aí você tem a brilhante ideia de fazê-la gratinada, com muito queijo, creme de leite, multiplicando as calorias! Tudo bem que a comida fica bem gostosa, mas essa é uma mania pouco recomendada para quem quer perder peso.

Traçar metas impossíveis

Crie um cronograma e estabeleça metas realistas em curto prazo, mas sem exagerar.

Trabalhe os objetivos de acordo com a resposta que seu corpo dá ao passar dos dias, pois não adianta você traçar metas que não vai conseguir atingir. A decepção por não ter conseguido pode ser um grande inimigo na hora de ter força para continuar. Devagar se vai bem longe!

Não fazer exercícios

Nem precisada dizer que isso é um grande erro, não é mesmo? Portanto, mexa-se! Seu corpo é uma ‘maquina’que não deve ficar parado. Você não precisa virar um viciado em academia, mas é importante manter a regularidade e tentar fazer alguma atividade física três vezes por semana.

Procure por atividades que te deem prazer para que você possa praticar com vontade e sem preguiça! Você também pode modificar um pouco a sua rotina para se exercitar mais: subir escada ao invés de usar o elevador, passear mais com o cachorro, ir de bicicleta para a academia, etc.

Sem exercícios físicos seus resultados vão via a passos de tartaruga.

Fazer atividade física em jejum

Sendo bem direto, jamais faça isso! Além do mal-estar que você pode sentir, o seu corpo vai queimar proteínas para obter energia, gastando o que deveria usar para aumentar seus músculos.

Ignorar a dieta nos finais de semana

Você não está proibido(a) de sair da dieta uma vez ou outra, ou até mesmo ter um dia do lixo, mas não dá para exagerar o final de semana todo e nem mesmo em todos os finais de semana.

Ao fazer isso você estará anulando todo o esforço que fez durante a semana e tenho certeza de que não é isso que você deseja. Tenha disciplina!

Também é importante não exagerar nas bebidas alcoólicas, pois além das incontáveis calorias, o álcool pode sobrecarregar o fígado e causar danos no sistema circulatório.

Seguir o cardápio da amiga

Os cardápios alimentares devem ser individualizados, sem exceções! O seu organismo não é igual ao de outra pessoa, por mais que vocês façam as mesmas coisas.
Procure um nutricionista e deixe que ele, baseado nas informações da sua rotina, sedentarismo, gênero, faixa etária e história genética, elabore o melhor plano alimentar para você emagrecer.

Não ter força de vontade!

Será que precisamos estender esse tópico? Sem força de vontade vai ser muito mais difícil encarar os obstáculos e as tentações que vão surgir pelo caminho.

Lembre-se sempre do seu objetivo para aumentar a sua motivação e não jogar a toalha!

Não observar que você tem algum problema de saúde

Sim, é possível que você esteja com dificuldades para emagrecer porque está com algum problema de saúde.

Às vezes não é realmente fácil identificar alguma irregularidade sem a ajuda especializada de um médico. E então, se você acha que está com a alimentação adequada, está praticando atividades físicas e não está cometendo nenhum dos erros que listamos acima, mas mesmo assim não consegue emagrecer, procure uma ajuda médica para averiguar a situação.

Quantos itens da lista você identificou em seu cotidiano? Agora você já sabe que eles podem estar atrapalhando o seu emagrecimento, então está na hora de mudar os hábitos!

Qual é a sua maior dificuldade? Veja mais  Dicas para Emagrecimento Saudável!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *